Desoft7

No Brasil, abrir um hortifrúti parece uma boa ideia se pensarmos no quanto a alimentação do consumidor tem mudado e as pessoas têm optado por uma rotina mais saudável, com alimentos orgânicos e frescos.

Antes de mais nada, é bom estar atento(a) a cinco questões essenciais para entrar nesse ramo e abrir um hortifrúti.

Aproveite a leitura!

🟢 O desafio de abrir um novo negócio no varejo de alimentos frescos!

Segundo dados, o Brasil é o terceiro maior produtor de frutas no mundo todo. E, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Brasil movimenta mais de R$36 bilhões em frutas e hortaliças.

O consumo de hortaliças e frutas no Brasil ainda é muito baixo, se compararmos com outros países. Todavia, há um vasto crescimento da preocupação com a saúde, vida saudável, busca por alimentos orgânicos e o desejo de melhorar a qualidade de vida.

Dessa forma, a alimentação saudável está se tornando um hábito na vida de muitos dos consumidores no país.

É claro que são inúmeros fatores a se considerar antes de abrir o seu negócio de alimentos frescos, de abrir um hortifrúti. No entanto, inicialmente, é imprescindível que você tenha um plano de negócios. 

O que é, então, um plano de negócios?

O plano de negócios serve para que você, empreendedor, tenha uma visão mais ampla sobre o tipo de empresa e o mercado no qual ela estará inserida.

Portanto, no plano de negócios, você irá definir aspectos essenciais da sua empresa. Como, por exemplo, os serviços e produtos que irá oferecer.

Além disso, o plano de negócios é essencial para quem quer abrir um hortifrúti. Isso porque ele detalha seus investimentos financeiros e os recursos humanos que serão necessários para o desenvolvimento da empresa.

O plano de negócios é um material que funcionará como um guia. No qual você vai colocar todos os seus desejos e objetivos esperados sobre o seu hortifrúti, todas as suas possibilidades (financeiras e pessoais) e, a partir daí, será possível traçar todos os passos para a abertura de um negócio sólido, com expectativa de crescimento no mercado, mesmo começando pequeno.

Além disso, é importante que se faça perguntas a si mesmo antes de entrar em um novo negócio.

Sendo assim, veja, a seguir, 5 perguntas essenciais para se fazer antes de abrir o seu hortifrúti: 

🟢 Estou disposto(a) a fazer um investimento suficiente?

Esta é a pergunta inicial a se pensar quando queremos abrir um hortifruti. É necessário ter um capital predefinido para investir em produtos, localização, divulgação (ou marketing), contratação de funcionários, dentre outros investimentos. 

Se formos pensar em um sacolão com maior estrutura, o investimento ficaria em torno de aproximadamente R$40 mil, baseado no mercado atual. Porém, o valor exato vai variar de acordo com as suas decisões de espaço, estrutura e localização, mas sim, é possível começar com algo em torno dos R$5 a 10 mil por exemplo.

Por isso, é importante mais uma vez salientar o papel do planejamento, desde o início da jornada do seu negócio. 

A  parte mais importante de entender como montar um hortifrúti com pouco investimento é usar bem o que tem disponível para este tipo de negócio.

É possível, por exemplo, economizar muito inicialmente encontrando um bom ponto (localização) para o negócio. Veja só:

🟢 Encontrei a melhor localização para abrir o meu hortifrúti?

Os melhores lugares para abrir seu hortifrúti são em bairros populares e também  nos de classe média-alta, já que a classe média e alta também são adeptas em comprar em tais estabelecimentos.

O importante é que deve ser escolhido um local próximo a uma região de moradias residenciais, ou seja, perto dos seus consumidores.

Outra dica é optar por um local que tenha estacionamento ou uma rua que permita seu cliente estacionar mais próximo e, também, para os casos de realizar grandes vendas ou até mesmo transportar ou realizar entregas pela cidade.

Desta forma, mesmo que seja um comércio dentro de um bairro, não se pode ignorar os clientes que venham até o seu hortifrúti de carro, principalmente, quando se trata de cidades de médio-grande porte. 

A melhor maneira de se localizar é ficar no caminho entre a feira livre e a casa da maioria dos moradores do bairro.

Lembre-se também que o negócio deve situar-se em local longe de fábricas ou com o ar mais poluído por se tratar de produtos frescos e altamente perecíveis.

🟢 Os melhores fornecedores já estão no jeito?

Um bom hortifrúti também é resultado de uma soma de bons fornecedores. É interessante, em conjunto, que se tenha fornecedores diários, para que os alimentos a serem vendidos estejam sempre frescos e com boa qualidade.

Caso não consiga fornecedores desta forma, é possível investir em fornecimento a cada 48 horas e investir em distribuidores diferentes, para garantir sempre vegetais frescos, principalmente com as folhagens.

A compra de produtos no atacado, diretamente nos CEASAS, é uma das opções mais comuns para quem trabalha nos supermercados, restaurantes e hortifrútis, pois a vasta gama de produtos e o preço baixo compensam muito, devido a centralização dos produtos e baixo custo com logísticas. Então, é uma opção a ser levada em consideração.

Por isso, independente do caminho que escolha, certifique-se que está trabalhando com uma empresa séria, que preza pela qualidade e segurança dos alimentos que comercializa.

Então, não é só a forma de produção que você precisa se preocupar. 

Os fornecedores também precisam armazenar e transportar esses produtos de forma correta e segura. O alimento precisa chegar até você sem danos, machucados ou qualquer tipo de sujeira.

A venda de produtos de qualidade faz toda a diferença para você e para seus futuros clientes.

🟢 E a concorrência? Como vou destacar o meu negócio?

Você precisa fazer com que o maior número de pessoas possíveis conheça o seu negócio para se destacar e espantar a concorrência! Portanto, é preciso investir em três passos: Atendimento capacitado, produtos de qualidade e marketing de divulgação.  

O primeiro passo é sempre o boca a boca e aí entra o atendimento de qualidade, com colaboradores bem treinados e informados sobre todos os produtos, além de trabalhar a cordialidade e simpatia, prontos para ajudar e vender.

Acredite, as pessoas que compram gostam de receber atenção dos colaboradores do hortifrúti e, se o consumidor gostar do atendimento, ela voltará e ainda trará mais clientes para você. 

Depois disso, crie propagandas para anunciar em redes sociais e em panfletos, que podem ser entregues na região, nos bairros do entorno.

Dependendo da cidade em que você abrirá seu hortifrúti, é possível até contratar um carro de som para divulgar a sua marca.

Faça promoções, demonstre valor e qualidade nos seus produtos, valorizando as boas características que só o seu hortifrúti tem! Com certeza, o seu negócio sairá na frente da concorrência. 

🟢 Já escolhi o sistema de gestão ideal para gerenciar meu hortifrúti?

Seja o seu negócio iniciante ou já caminhando de vento em popa, você precisará de um software capaz de te auxiliar na sua gestão, de ponta a ponta!

Com a Desoft7, gerenciar as vendas do seu hortifrúti ficará muito mais fácil. Através de um sistema de gestão fácil e intuitivo, você poderá realizar o controle de vendas e promoções em seu empreendimento, fazer o gerenciamento de pagamentos pix diretamente no sistema, controlar diversos estoques e também mais de uma empresa, caso você for abrir uma rede de hortifrútis; realizar pesquisas ágeis pelo nome do produto, código de barras ou descrição; fazer projeções de vendas e das próximas compras, ter acesso a relatórios, acompanhar a validade de lotes de produtos, avaliar fornecedores, tudo isso dentro de um único sistema.  

Aproveite e conheça mais sobre o Sistema ERP da Desoft7 para hortifrútis e surpreenda-se com a facilidade e comodidade que a tecnologia da Desoft7 irá proporcionar em seu hortifrúti!

Comece com o pé direito o seu negócio! Acompanhe as redes sociais e o blog da Desoft7 e receba dicas essenciais para você otimizar o seu hortifrúti todos os dias!

Este artigo ajudou você?